sexta-feira, 24 de julho de 2015

LAÇOS DE CASAMENTO - MEUS AGRADECIMENTOS!

Neste mês de julho, se vocês, caros leitores, repararem, venho colocando pouco conteúdo neste singelo blog. Não por que tenha o neglicenciado, mas, em primeiro lugar por causa das férias de julho, também as poucas visualizações, para ser sincero, desanimam um pouco e o principal, como não é um blog famoso, tenho tido poucas inspirações para novas ideias, devido a ansiedade e ao estresse que venho passando. Entretanto, não vim para tratar disso. Isso são apenas esclarecimentos do meu pouco aparecimento nas redes sociais: blogs, facebooks, whatszapps e afins.
Resolvi aparecer pois quero agradecer a algumas pessoas que tem perguntado sobre o livro "LAÇOS DE CASAMENTO", no qual escrevi com muito empenho no ano passado. Quero esclarecer a vocês que mesmo com problemas - adiamento de lançamento, crise financeira, etc. - o sonho de tê-lo publicado, ver que as pessoas o leem e gostam da história continua vivo. Não posso dar maiores informações sobre o mesmo para vocês por que agora só cabe esperar, mas como tive empenho em escrevê-lo, terei a mesma determinação em colocá-lo no patamar de boas leituras. Também quero agradecer as pessoas que, com muita sinceridade e critério, leram seu rascunho e - graças a DEUS! - gostaram da ideia passada. Isso me instiga mais a empenhar em escrever boas histórias e a continuar a conquistar meu sonho de ser escritor ou somente perpetuá-lo. Também queria agradecer as mais de 60 pessoas que, mesmo só vendo dois capítulos do livro, tiraram um pouquinho do seu tempo corrido para vê-los.
Para aquele que chegou agora e não tem a miníma ideia do que estou postando, eu escrevi um livro chamado LAÇOS DE CASAMENTO, um nome clichê de romances água-com-açúcar ou de livros de auto-ajuda. Entretanto, não tem nada haver com as duas coisas, pois trata-se de um romance que aborda muitas temas: relacionamentos familiares, amizades, entre outros. Para você melhor entendê-lo, divulgarei a sinopse mais uma vez:
Eduardo, um garoto tímido de dezessete anos, odeia casamentos. Mas por causa da constante presença de seus pais a essas celebrações tem que ir praticamente obrigado. Em um desses casamentos, conhece Bella, uma garota divertida, mas misteriosa que tem a mesma idade dele.  Eles, mesmo sem se conhecerem direito, se tornam amigos e, por causa da timidez do rapaz, resolvem se encontrar escondido aos casamentos em que ele vai.
Espero que você goste da história somente pela sinopse e se torne uma pessoa que torça pela publicação do livro, como este que vos escreve. Para aquele que conhece a história, só quero dizer:

Nenhum comentário:

Postar um comentário