terça-feira, 24 de novembro de 2015

AVALIANDO COISAS - PROCURA-SE

PROCURA-SE
Giovanna Vaccaro
2015

SINOPSE: Ariane tem pouco tempo de vida, pois sofre desde os seis anos, com a doença arterial coronariana – uma doença cardíaca genética -, rara em pessoas jovens, mas fatal. Vivendo com o auxílio de remédios, ela conta com a ajuda de seu pai e sua irmãzinha Becky. Para piorar a situação, depois de uma crise de insuficiência cardíaca, ela recebe a notícia de que deverá passar imediatamente por um transplante de coração, caso contrário, morrerá. Entretanto, seu coração tem uma nova razão para pulsar: seu novo amigo Miles. Ariane se envolve em uma paixão “quase” perfeita – diante do difícil drama que enfrenta! Juntos, os dois tentarão encontrar uma saída e farão de tudo para parar o tempo e eternizar cada segundo que lhes resta, como um extenso fio de esperança que aparece a seu futuro incerto.
OPINIÃO: Quando comecei a lê-lo, confesso que imaginei uma história previsível, mas com o passar da leitura me enganei profundamente. O livro te instiga do começo ao fim, tendo um final emocionante e surpreendente. Todos os personagens são usados, até os secundários, não deixando o livro monogâmico ou insosso descrevendo apenas os personagens principais – com destaque para Callie, a melhor personagem na opinião deste que vos escreve. Os gêneros são colocados perfeitamente de acordo com o enredo da história: os dramas sem tons “mexicanos”, mas realista; o romance entre Ariane e Miles, nada meloso e muito terno e o humor muito puro, entretanto bem divertido. As descrições não são minuciosas, mas bem detalhadas através do olhar da narradora\personagem. O vocabulário, muito falado por mim nessas resenhas, está de acordo com o público que ao livro quer passar. Um ponto que achei sensacional e muito criativo da autora foi “americanizar” a história, colocando-a os cenários, os nomes personagens... todos norte-americanos. Apenas devo ressaltar os pouquíssimos erros da revisão que deixaram palavras escritas incorretamente, mas nada que afete a perfeição do texto, sendo escolhido por mim, o melhor livro juvenil que já li.    
NOTA: 10

Nenhum comentário:

Postar um comentário