domingo, 7 de fevereiro de 2016

AVALIANDO COISAS - POLLYANA

POLLYANA
Eleanor H. Porter
1978

SINOPSE: Pollyanna é uma doce menina, que, após perder o pai e ficar órfã aos 11 anos, vai morar com a sua rica tia Polly. Por causa da amargura da mesma e do “jogo do contente” da menina, essa convivência, aparentemente impossível, vai transformar a vida de ambas e de todos à sua volta. 
OPINIÃO: Pollyana – ou Pollyana, Menina em algumas edições mais antigas – mostra uma intemporalidade e universalidade atípica nos livros clássicos, onde qualquer faixa etária pode lê-lo e sua história é atemporal, quero dizer, pode acontecer em qualquer geração ou tempo. Apesar do vocabulário um pouco complexo, a história, mesmo sendo simples, te prende até o final com muitas reviravoltas surpreendendo o leitor. A descrição é escassa na obra, pois tudo é descrito pelos olhos da protagonista do título ou pelas personagens, uma coisa diferente e de incrível criatividade da autora, pois a narração é em 3ª pessoa. Falando nisso, as personagens são excelentes, cada um com seu defeito ou qualidade, mas dou destaque especial para a menina/protagonista, pois você se apaixona pelo jeito contente dela de levar a vida. Voltando a falar sobre tempo cronológico no livro, isso não é especificado claramente, mas através de elementos descritivos, como “barrica de missionário”, o leitor sabe que a época da história é antiga. Mesmo assim, recomendo-o!

NOTA: 9,5


Nenhum comentário:

Postar um comentário