segunda-feira, 10 de abril de 2017

MENSAGEM - A SEMENTE DA MÁGOA

Olá visualizadores e visualizadoras.
Tudo bem com vocês?

Antes de começar, gostaria primeiramente explicar o motivo de algumas postagens anteriores estarem um pouco sem inspiração. Desde o começo do mês de abril, venho organizando a segunda edição do Litera Abril - tem convite aqui -, junto a isso, estou finalizando o meu livro Pequena Ajuda que, modéstia à parte, está ficando bom e continuando o Desafio Literário - tem postagem aqui. ^^ Então o curto tempo não me deixa ser mais criativo para produzir boas coisas para vocês. Por isso, peço desculpas. Vocês me perdoam? :)

Agora, vamos ao que interessa né?
Hoje falaremos sério...
"Mas Guinho, em plena segunda-feira, falar sério?", já estão reclamando, poxa! :@
Sim, meus queridos, a conversa é séria por que falaremos de um dos sentimentos mais ruins de todos: a mágoa.
"Por que falaremos da mágoa, Guinho?", vocês estão falantes hoje, hein? hahaha

A mágoa, para mim, é como se fosse uma sementinha ruim que brota no nosso coração e com isso, nasce a árvore do ódio. Tanto que se você estiver sentindo mágoa neste momento, atente as palavras a seguir.
Tem momentos na vida que você confia plenamente em uma pessoa, faz das tripas e coração por ela, tanto que, erroneamente, sofre nas vezes que a tristeza a assola. Quem nunca fez isso, né?
Mas, daí que tudo muda por uma atitude ou uma palavra que ao SEU ver é errada, coisas que talvez a pessoa precisasse fazer ou falar, mas tu acaba sendo tão egoísta que não lembra daquele sentimento que TODOS seres humanos deveriam pregar: a empatia pelo próximo.
Então, aquela semente que citei anteriormente começa a crescer dentro do seu, agora, sombrio coração e com isso, alguns efeitos colaterais surgem. Primeiro aparecem a cegueira e a surdez, não uma física mas uma de saber discernir e entender opiniões, pois para a pessoa infectada pela mágoa, os olhos e os ouvidos só veem e escutam o que ela quer. Também não podemos esquecer da demência mental, por que neste momento, a mente - um dos maiores vilões do ser humano - instaura em ti um medo de se decepcionar novamente, por isso a insegurança bate e a desconfiança de outras pessoas começa a surgir.
Se identificou com o que acabei de escrever, né? Agora vamos ao que deve-se fazer numa situação dessas, mas lembrando: já passei e vou passar por tudo isso aí, então não sou melhor que você, ok? ^^

Como somos seres humanos totalmente imperfeitos e suscetíveis a falhas, nunca tenha expectativa boa ou ruim por ninguém. Seguindo esta regra, você sofrerá menos diante de uma decepção. Mas se ela acontecer ao seu ver, primeiro, respire mediante a raiva ou tristeza. Depois de mais calmo, tente entender a pessoa e ver o motivo de ela ter feito ou falado algo. Entretanto, se a situação for grave, não sofra! Não deixe a sementinha da mágoa crescer e se tornar uma árvore do ódio. Apenas espere que a vida faça o seu papel, pois uma coisa mal-resolvida, um dia, vem à tona,





Nenhum comentário:

Postar um comentário