quarta-feira, 24 de maio de 2017

INDICANDO - QUASI DI VERDADI - KELLY CHRISTI

Olá visualizadores e visualizadoras.
Tudo certo com vocês??

Dei uma sumida, né? Então, vamos as típicas explicações!!! hahahaha
Além de problemas pessoais que vem acarretando em minha saúde, estou escrevendo um conto para uma Antologia. Mas isso é assunto para as próximas postagens. Bom, depois desses rápidos esclarecimentos vamos começar...

Primeiramente, vou contar uma história!
A autora me procurou em abril me pedindo divulgação de seu novo livro que seria lançado no mês, mas devido a falta de tempo com o Litera Abril, o Pequena Ajuda e coisas particulares não pude fazer aquilo naquele instante, apesar de ter aceitado o pedido. Então, depois de ter concretizado minhas tarefas, resolvi ler a obra que a mesma me enviou no formato PDF em um final de semana e de uma sessão "NOVOS TALENTOS", 'Quasi di Verdadi' se transformou em uma indicação. Porém, como a autora não apareceu aqui ainda, a classificarei como um novo talento também. Por isso, vamos conhecê-la?
 
Kelly Christi nasceu em Santo André, no ABC-Paulista, começou a escrever para revistas independentes e diários escondidos, ainda na adolescência. Formou-se em linguística, na Universidade Federal de São Carlos-UFSCar e se especializou em comunicação, é jornalista e editora de textos para mídia digital, passando por veículos de boa circulação. Além de contos, escreve crônicas no blog Pequenos Deleites em uma linguagem leve e bem-humorada.

Depois de já apresentada, agora vou dizer o motivo da indicação de sua obra.
Bom, para ser sincero, não sou fã de poesias, crônicas e contos (apesar de ter alguns poemas meus aqui  e estar escrevendo um conto) por que acho que não tenho tanta facilidade como nas histórias de ficção e também, levando em conta os livros que li, estes gêneros literários são geralmente tomados de formas poéticas e cunhados de acidez política. Mas 'Quasi di Verdadi' mudou a minha opinião sobre isso.
"Guinho, o que te fez mudar?", sabia que vocês não ficariam sem perguntar.
Apesar da obra ser uma reunião de contos - com os elementos clichês citados acima -, Kelly os escreve com tanta simplicidade e realismo que dá a ideia de alguém muito sensível estar reparando pequenas coisas além das 'correrias' metropolitanas e estar as relatando em um diário. 
Tenho que dar o braço a torcer em relação a editora Litteral - coisa que não faço aqui, por que não menciono editoras - que acertou na escolha do desenho da capa e nas cores do livro. A arte do desenho e as cores púrpura do seu interior e o branco das letras deu um ar urbano para a obra. Corro o risco de dizer que quando estava lendo o livro, imaginei estar andando na rua e vi paredes sendo pichadas com os contos.
Bem, se eu disser mais coisas vai virar mais uma resenha, né? Então vou parar por aqui! Indico por que, parafraseando o título, ao ler o livro você se sentirá 'Quasi di verdadi' por que se verá nos personagens dos contos! ^^ 
Se recomendo para adquirir? Lógico! Por isso vou deixar os links de compra no fim da postagem. Também vou deixar as redes sociais da autora para quem quiser bater um papo com ela ou simplesmente conhecê-la mais e suas obras, ok?

 
 Link de compra do livro
Amazon : https://www.amazon.com.br/Quasi-di-Verdadi-Kelly-Christi-ebook/dp/B06Y6KSM4L

Saraiva (esse é da versão com diagramação roxinha-personalizada): http://www.saraiva.com.br/quasi-di-verdadi-9522949.html

Links da autora
Blog: http://www.facebook.com/pdeleites
Livro: http://www.facebook.com/livroquasidiverdadi
Pessoal: http://www.facebook.com/kellychristi
Instagram: @kelly_christi





   

Nenhum comentário:

Postar um comentário